terça-feira, 1 de setembro de 2015

MOMENTOS IMPLACÁVEIS PARA O BRASIL, UM JOGO DE XADREZ E O POVO SÃO AS PEÇAS





















Custom Search
















CAIXA DE PESQUISA





MOMENTOS IMPLACÁVEIS PARA O BRASIL, UM JOGO DE XADREZ
E O POVO SÃO AS PEÇAS









Não podemos deixar esse momento em que o Brasil passa
simplesmente passar, mas sim deixar que ele modifique o país. Não convém
sermos manipulados a fim de que os corruptores tenham continuidade e continuem
a lapidar nosso país. Umas coisas sabem que a corrupção no Brasil parece ter
seus benefícios, visto que quanto a prisões e condenação de corruptos essa não
faz nem cócega, se olharmos de acordo com a condenação, a devolução e o resultado
final quanto aos benefícios de ter o montante mesmo que devolva uma parcela.
Creio eu que se o traficante perde tudo por motivo de ser fruto de tráfico, por
que o corrupto não? Ao contrario, "se aposenta", "se
afasta", "dá um tempo" e depois volta a todo vapor. Porque o
corrupto também não perde tudo? Quantas pessoas morrem a míngua em hospitais
por falta de remédios e hospitais sem atendimento devido a falta de
investimentos em estruturas de bases principais que nosso país deixou de ter e
isso pagamos hoje com o pavor dos dias futuros, pois a população cresce, o
crime aumenta e sem cadeia as pessoas condenadas não pode ficar presas porque
não ouve esses investimentos a fim de que nos dias atuais as leis pudessem ser
cumpridas, se com leis é difícil não ter crimes assim como países que tem até
pena de morte, esses tem crimes e muitas vezes até grave, olhando no cenário
brasileiro percebemos que vivemos em um velho oeste em que o xerife tinha
poder, mas também sua vida sempre corria risco, ou seja, “dente por dente e
olho por olho "lei de talião. Estamos começando a conviver com esse
cenário, pois até as leis virem a coibir tudo isso já teremos esse novo
território "o crime" mais arraigado dentro do
Brasil.  "Um território sim" . Se pensarmos nos países que
vivem em guerrilha, podemos dizer que o Brasil tem sim uma guerrilha interna a
qual silenciosamente  vai tomando espaço e seus ministros e comandantes
mandam de dentro dos grandes núcleos em que a população ficam a mercê por assim
tratar de que estejam protegidos, mas uma proteção frágil em que até mesmo a
lei é afetada. E o cidadão onde fica? O crime manda executar de dentro das
penitenciárias com seus tribunais e são fiéis os que obedecem, não importando
quem seja. Dizer que não existe outro território dentro do Brasil é mentira,
além da guerrilha que vai tomando espaço lentamente por falta desses
investimentos que a corrupção deixou de que o povo viesse se beneficiar. Não só
nestes setores, mas em todos os que fazem parte de nosso país. Podemos assim 
dizer quando olhamos neste sentido que vivemos nos dias atuais; em que escala
da sociedade de uma nação, que seus provimentos são desviados a fim de
enriquecer alguns que mamam o dinheiro dos cofres públicos a fim de que se
tenha grandes fortunas. Geradas. Sangue e suor do povo em que quando precisa de
um remédio é tida a resposta na cara, de que sua vida não vale nada assim
interpretando a resposta dada a tal cidadão que somente entrando na justiça tem
esse parecer ganho e se tratar. Ter assim de considerar que seus impostos de
nada quase valeram durante seus dias trabalhados em favor da nação. O corrupto
deveria ser considerado como comete dor de crime hediondo e talvez é, mas mesmo
assim sempre aparece leis que os “livrem”, como podemos ter esperança de ter
esse câncer da corrupção extirpado de nossa nação o qual mata tanto, empresas
que não podem se sustentar e quebram por causa de impostos e a vergonha de
saber sobre desvios que poderiam esses dinheiros ser empregados para bem do
povo. Qual a diferença entre ele/corrupto e o traficante? Sem contar o tráfico
de influencia na medida em que se dá tudo isso.  






















             
                     
    --------------Messias Albino--------------



Nenhum comentário: